Avançar para o conteúdo
Início » Aulas » Resolução de Exames de Física Admissão UP 2019

Resolução de Exames de Física Admissão UP 2019

Acompanhe a resolução do Exame de Física 2019 Admissão a Universidade Pedagógica (Up), O exame esta dividido em temas,

Cinemática

1. O sr. Domingos sai de sua casa caminhando com velocidade escalar constante 3,6 km/h, dirigindo-se para o supermercado que esta a 1,5km. Seu filho Veloso, 5minutos após corre ao encontro do pai levando a carteira que ele havia esquecido. Sabendo que o rapaz encontra o pai no instante em que este chega ao supermercado, podemos afirmar que a velocidade escalar media da velocidade dia do Veloso foi igual a:

A.  5,4 km/h        B.  5,0 km/k           C.  4,5 km/h        D. 4,0 km/h

Dados

Sr. Domingos

v=3,6km/h

x=1,5km

Primeiro vamos calcular o tempo que o Sr. Domingo leva para chegar ao super mercado

x=vt=1,5t

t=x/v=1,5/3,6=5/12h

O Sr. Domingo chega ao mercado em 5/12h.

Agora vamos ver para o Veloso

0 Veloso chega sai de casa 5minutos após o Sr. Domingo sair de casa então ele esta como ele chaga no mesmo instante no supermercado que o Sr. Domingo então ela leva o tempo que o Sr. Domingo vemos 5minuto. “t-5 minutos”= 5/12 h-5min=5/12 h-1/12=4/12 h

x=v’•t’

v´=x/t´

v´=1,5/(4/12)

v´=(1,5•12)/4

v´=1,5•3

v´=4,5km/h

A velocidade escalar media da velocidade dia do Veloso foi igual a 4,5km/h

2. Uma partícula percorre uma trajectória circular de raio 10 m com velocidade constante em modulo gastando 4,0 s . Num percurso de 80 m. Assim sendo, o período e a aceleração desse movimento serão respectivamente’ iguais a:

A para calcular o período devemos ter a velocidade angular para isso primeiro vamos calcular a fase ∅=x/r e com a fase calcularemos a velocidade angular ω=∅/t e com a fase já calculada podemos calcular o período e a aceleração que nesse caso é a aceleração centrípeta

Agora vamos achar a aceleração

ac= ω²•r= 2²•10=40m/s²

3. Um carro mantém uma velocidade escalar constante de 72,0 km/h. Em uma hora e dez minutos ele percorre, em quilómetros, a distância de:

A.  79,2              B.  80,0                  C.  82,4             D. 84,0

Dados

v=72km/h

t=1h e10minutos=(1+10/60)h=7/6 h

x=vt=72•7/6=12•7=84km

4.O gráfico representa a posição de uma partícula em função do tempo, Qual a velocidade média da partícula em metros por segundo, entre os instantes t=2,0 min e t=6,0 min?

Resolução

Dado

x2=8•10²m=800m

x1=2•10²m=200m

t1=2min=120s

t2=6min=300s

A velocidade média é calculada a partir da fórmula;

A velocidade escalar média é 2,5m/s

Dinâmica

5.Um corpo de 4 kg descreve uma trajectória rectilínea que obedece a seguinte equação horária: x=2+2t+4t² , onde x medido em metros e , em segundos conclui se que a intensidade da força do corpo em newtons vale:

A. 8           B.16         C)32           D) 64

Dados

M=4kg

Recordando da equação do movimento variado podemos dizer que na equação x=2+2t+4t² aceleração vale 8m/s², e a força e dado de acordo coma lei de Newton pelo produto da massa pela aceleração

F=ma

F=4•8=32 N

A intensidade da força do corpo vale 32 Newtons

6.A figura abaixo mostra a força em função da acelerarão para três diferentes corpos 1 .2 e 3  Sobre esses corpos é correcto afirmar:

A) O corpo 1 tem a menor inércia

B) O corpo 3 tem a maior inércia

C) O corpo 2 tem a menor inércia

D) O corpo 1 tem a maior inércia

Só recordas das leis de Newton, Quanto maior a massa maior a inércia então terá maior inércia o corpo que tiver maior massa, e no gráfico da forca em função da aceleração a massa representa a inclinação da recta então a massa é maior onde a inclinação da recta for maior nesse caso a massa é maior no corpo 1 consequentemente tem maior inércia

7. O bloco A tem massa 2 kg e o B 4kg O coeficiente de atrito estático entre todas as superfícies de contacto é 0,25. Se g=10 m/s², qual a força F aplicada ao bloco B capaz de coloca-lo na iminência de movimento?

A. 5           B.10         C)15           D) 20

No eixo horizontal

(I) Para o corpo A; T-Faa=0

(II) Para o corpo B com o A; -T +F-Fab=0

(III) somado as duas equações F=Faa+Fab=uNa+uNb

No eixo vertical

Para o corpo A; Pa-Na=0 Na=Pa=20

Para o corpo B com o A; Nb-(Pb+Pa)=0  Nb=Pb+Pa=(ma+mb)g=(2+4)•10=60N

Votando para equação (III)

F=Faa+Fab=uNa+uNb=(NA+Nb)u=(20+60)•0,25=80•0,25=20N

A força F vale 20 N

8.Na figura, o carrinho A tem 10 kg 9 o bloco B 0,5 kg O conjunto esta em Movimento e o bloco B, simplesmente encostado, não cai devido ao atrito com A (u=0,4).o menor modulo da aceleração do conjunto, necessário para que isso ocorra, é: (adopte g=10 m/s²)

A) 25 m/s²     B) 20 m/s²         c) 15 m/s²        D) 20 m/s²

Como o corpo b esta em equilibre vertical ( o corpo não cai nem sobe)

Fgᵇ-Fa=0

Fa=Fg=mᵇ•g=0,5•10=5N

Na Horizontal no bloco B o Movimento é devido a força que surge do contacto com a que chamemos de Nᵇᵅ sendo a única forca horizontal é a resultante

Nᵇᵅ=mᵇ•a

Sabemos que a força de atrito é fa= uN no nosso exercício anormal vale é a força

Fa=uNᵇᵅ

Nᵇᵅ=fa/u=5/0,4=12,5N

Nᵇᵅ=mᵇ•a

Tendo já calculado Nᵇᵅ podemos calcular a aceleração

a= Nᵇᵅ/mᵇ=12,5/0,5=25m/s²

R; o menor módulo da aceleração do conjunto, necessário para que isso ocorra, é 25m/s²

Estática

.

.

.

(a resolução continua em breve)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *