Início » Aulas » Força de atrito e Plano inclinado

Força de atrito e Plano inclinado

Força de atrito e Plano inclinado

Nessa aula iremos bordar de orna pratica os conceito de força de atrito e aplano inclinado.

Atrito

As vezes tentamos empurrar alguns corpos em certas superfícies e não conseguimos e em outros casos conseguimos.

Porque é que em alguns casos nos não conseguimos?

Isso ocorre devido a existência de atrito em na superfície de contacto que designaremos por u.

Existem dois tipos de atrito o atrito estático e atrito dinâmico

Atrito estático (ue) é aquele que actua em corpos em repouso

Atrito dinâmico (ud) é aquele que actua em corpos em movimento.

Força de atrito

Forca que surge devido ao contacto entre as superfícies (a força de entre sempre se opõe ao movimento).

Se empurramos o corpo para o lado direito ele vai apontar para o lado direito.

A Força de atrito pode ser expressa matematicamente como sendo;

Fa=u×N    e N=P

Exercícios

1.Sobre uma superfície rugosa com coeficiente de atrito igual a 0.4 e arrastado uma corpo de massa 4kg por uma força horizontal F=10N. Determine a aceleração do sistema.

Resolução

Como temos atrito vamos representar a força de atrito

Vamos usar a segunda lei de Newton

F-fa=ma

Sendo

Fa=uN e N=P=mg=4Fa=uN e N=P=mg=4×10=40N

Fa=0.4×40=16N

2. Dois blocos A e B de massa 3kg e 5kg ligados por um fio inesquecível, puxasse horizontalmente o bloco A com uma forca de 28N o coeficiente de atrito de cada bloco vale 0.2. 

Determine:

a)A aceleração

b)A tensão no fio

Resolução

Primeiro vamos representar as forças que actuam em cada bloco tendo em conta a existência da força de atrito

Designação

faa-força de atrito no bloco A;

fab-força de atrito no bloco B;

Vamos calcular as forças de atrito do bloco A e do bloco B (faa e fab)

Sendo que a normal de A igual ao peso de A e anormal de B igual ao peso de B

Dai calculamos as forças de atrito.

Agora sim podemos substituir esses valores na expressão da aceleração e calcular o seu valor.

Para calcular tensão no fio usaremos uma das equações da segurado lei d Newton

B; R-fab=mb•a

A; F-R-faa=ma•a

Iremos usar a equação do bloco B (escolhendo o bloco A o resultado será o mesmo)

R-fab=mb •a

R=fab+mb•a

R=10+5×1.5

R=10+7.5

R=17.5N

Plano inclinado

1.Um corpo de massa 15kg e abandonado sobre um plano inclinado perfeitamente lisa com uma inclinação de 30ᵒ  determine ;

a)A aceleração do sistema

b) O valor da forca normal

Resolução

Primeiro vamos representar dois eixos um paralelo e outro perpendicular ao plano, e representar as forcas que actua no bloco.

Para temos a aceleração vamos escrever a segunda lei de newton para o eixo horizontal (eixo X)

Px=ma

P× sen30ᵒ=ma

a=g×sen30ᵒ

a=10×0.5

a=5m/s

b) para determinamos a força normal vamos aplicar a 3ª lei de newton para o eixo vertical (eixo y)

N-Py=0

N=Py

N=m×g×cos30ᵒ

N=m×g×cos30ᵒ

N=15×10×0.86

N=129N

Plano inclinado com forca de atrito

2. Um bloco de massa 5 kg desce de um plano inclinado faz um ângulo de 30ᵒ com a horizontal o coeficiente de atrito entre o corpo e a superfície fale 0.2 determine:

a)A aceleração do sistema

b) A forca normal

Resolução

Primeiro vamos representar as forças que actua no corpo tendo em conta que existe atrito e que a força de atrito sempre actua no sentido contraio como a do movimento como o corpo esta descer a força de atrito vai se opor a esse sentido

a)Para determinamos a Normal (N) vamos usar a 3ª lei de Newton para o eixo vertical (Exio y)

N-Py=0

N=Py

N=m g cos30ᵒ

N=5×10×0.86

N=50×0.86

N=43N

b)vamos usar a segunda lei de Newton para determinar a aceleração

Px-fa=ma

P × sen30ᵒ-uN=ma

mg × sen30ᵒ-uN=ma


Movimento uniformemente variado

O que é movimento uniformemente variado Movimento uniformemente variado é aquele em que a velocidade varia uniformemente ao longo do tempo. Ou seja a aceleração é constante. (Veja também Moviment…

Movimento uniforme

Movimento uniforme Movimento uniforme é aquele em que a velocidade instantânea permanece constante. Em termos gráficos temos; Gráficos e equações do movimento uniforme Conforme podemos ver o…

Queda livre e lançamento vertical para baixo e para cima

Queda livre Durante a queda livre os corpos realizam um movimente uniformemente variado com uma aceleração constante de aproximadamente 10 m/s² portanto todas as equações do movimento uniformemen…

Lançamento oblíquo

Lançamento oblíquo Para melhor compreende esse movimento vamos analisar o seguinte esquema de um corpo lançado obliquamente para cima com um ângulo ø em relação ao eixo x ; Conforme vemos no esquema o…

Lançamento horizontal

O que é lançamento horizontal O lançamento horizontal é um caso particular do lançamento oblíquo. Neste caso o ângulo de lançamento é igual a zero (ø=0). Na horizontal realize se movimento uniforme co…

Movimento circular

Movimento circular Movimento circular é basicamente um movimento curvilíneo com raio constante, São exemplos de movimento circular o ponteiro de um relógio, a roda de um caro, as pás do vent…

Força centrípeta e força elástica

Força centrípeta Quando um corpo realiza um movimento circular uniforme ela esta sujeita a uma aceleração centrípeta (ac) que e responsável pela mudança da direcção do movimento. A aceleração centrípe…

Força de atrito e Plano inclinado

Força de atrito e Plano inclinado Nessa aula iremos bordar de orna pratica os conceito de força de atrito e aplano inclinado. Atrito As vezes tentamos empurrar alguns corpos em certas superfícies…

Leis de Newton

Leis de Newton Na dinâmica estudamos basicamente três leis de Newton saber já a seguir; 1ª Lei de Newton lei da inércia Na ausência de uma força um corpo em repouso permanece em repouso e um corpo em …

Dinâmica (força resultante e decomposição de forças )

Dinâmica No primeiro capítulo vimos a cinemática onde estudamos os movimentos, veja que na cinemática não se importávamos com a causa do movimento aqui na dinâmica nos teremos em conta a causa do movi…

Calorimetria ( Princípio fundamental da calorimétrica)

Calorimetria Para um estudo eficaz da colorimetria convêm antes conhecemos as formas de transmissão de calor. As formas de transmissão de calor são ; – Condução – Convecção – Irradia…

Radiação térmica e Corpo negro

Radiação térmica Radiação térmica é a radiação electromagnética emitida devido a energia interna. (os corpo emitem radiações térmicas (infravermelhos) devido a temperatura que causa um movimento desor…

Trabalho e Primeira lei da Termodinâmica

Trabalho termodinâmico Consideremos um processo de expansão de um determinado gás mediante a aplicação de uma força F. O trabalho realizado para expandir o gás pode ser expresso como W=F•Δx A forca (F…

Hidrodinâmica (Caudal , Princípio de continuidade e Equação de Bernoulli)

Hidrodinâmica Hidrodinâmica ramo da física que se dedica ao estuda os fluidos em movimento Caudal (Q) Representa o volume que atravessa uma secção transversal por cada unidade de tempo Exercício de ap…

Reacção de fusão , Reacção de fissão , Defeito de massa e Energia de ligação

Reacção de fusão nuclear Reacção de fusão nuclear é um tipo de reacção nuclear na qual dois núcleos leves se juntam dando origem um novo núcleo mais pesado. Reacção de fissão nuclear Reacção de fissão…

Física nuclear ( Actividade e desintegração radioactiva)

Actividade (A) é o numero de núcleo que se desintegração ao longo do tempo é medido em Becquerel (Bq). Tempo de maia vida (τ) é o tempo médio de existência de um determinado núcleo. Leis da desintegra…

Física nuclear (Reacções e desintegrações)

Física nuclear é a parte da Física que estuda as interacções no núcleo. No núcleo conforme podemos ver na figura acima representado temos protões e neutrões. O número atómico (Z) identifica o elemento…

Física atómica (Raios catódicos , efeito foto eléctrico,Raio X e Equação de Max Planck)

Física atómica Física atómica é a parte da Física que estuda as interacções na electroesfera do átomo Raios catódicos Raios catódicos são feixes de electrões emitidos do ânodo ate ao cátodo em linha r…

Equação de Alber Einstein, Gráficos e Níveis de energia

Equação de Alber Einstein Para que ocorra o efeito eléctrico é necessário uma energia mínima que designamos por função trabalho, de a corto de Einstein a energia total (E) dos fotoelectrões é a soma t…

Movimento harmónico simples e equações de Thompson para pêndulos

Movimento harmónico simples (MHS) Movimento harmónico simples (MHS) são movimentos mecânicos em que os corpos repetem periodicamente o seu movimento. Seja um corpo realizado um movimento de vai e vem …

Gás ideal e Isoprocessos

Termodinâmica A termodinâmica é a parte da física que estuda os processos decorrentes da conversão de calor em outras formas de energia Gás ideal Gás ideal é um gás cujo as partículas estão bem distin…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *