Avançar para o conteúdo
Início » Aulas » Equilíbrio de Mercado: Preço e Quantidade de Equilíbrio

Equilíbrio de Mercado: Preço e Quantidade de Equilíbrio

Conforme dito na matéria sobre os Fundamentos da Oferta e Demanda, a teoria da oferta e demanda é a base para se perceber qualquer assunto sobre o qual a microeconomia aborde. É importante perceber detalhadamente as leis que regem essa teoria funcionam e interagem entre si. Essa interação acaba exigindo que se fale sobre o Equilíbrio de Mercado, que é, resumidamente, a combinação matemática entre as leis da oferta e procura.

Interpretação Gráfica

Graficamente falando, o equilíbrio refere-se ao ponto em que as curvas da oferta e demanda se encontram. Diz-se, que nesse ponto, foram atingidos as quantidades e o preço de equilíbrio. É a situação na qual as quantidades procuradas e as quantidades ofertadas são iguais. Geralmente, em mercados livres, há uma tendência de que os preços se modifiquem até que a quantidade oferta e a quantidade demandada sejam iguais, tornando, assim, o mercado balanceado.      

Do gráfico acima pode-se notar que temos dois gráficos representados pelas letras S e D, que correspondem, respectivamente, aos gráficos da oferta e da demanda. Os gráficos cruzam-se no ponto e, que no caso, é o nosso ponto de equilíbrio. As cordenadas Pe e Qe correspondem ao preço e as quantidades de equilíbrio..   

Mecanismo de mercado

O mecanismo de mercado é a tendência dos preços se modificar num mercado livre até que as quantidades demandadas sejam iguais às quantidades ofertadas. Quando tal igualdade é alcançada, diz-se que há um balanceamento de mercado. Para compreender melhor o conceito de mecanismo de mercado, pode-se recorrer ao gráfico abaixo.


Para compreendermos o mecanismo de mercado, suponhamos que o preço fosse inicialmente superior ao preço de equilíbrio Pe na figura acima. Diagmos que o preço fosse Px. Nota-se que com este preço os produtores procurariam produzir e vender quantidades maiores do que os consumidores estão dispostos a adquirir. Assim, a quantidade oferecida seria maior que a quantidade procurada, levando a um excesso da oferta. Perante essa situação, haveria uma necessidade de vender esse excedente ou pelo menos, fazê-lo parar de crescer. Assim, os produtores/vendedores deverão reduzir os seus preços e, conforme tal redução ocorra, as quantidades ofertadas diminuirão e as quantidades procuradas aumentadas, até que o preço de equilíbrio Pe seja alcançado.    Do outro lado, se o preço estiver abaixo do equilíbrio (por exemplo Px na nossa figura), deverá ocorrer o oposto – uma escassez de Oferta, situação na qual a quantidade demandada excede a quantidade oferecida e os consumidores não conseguiriam comprar toda a quantidade que desejariam. Isso exerceria uma pressão ao preços para que aumentassem, à medida que os compradores se mostrassem dispostos a pagar mais pelas quantidades disponíveis e os produtores reagissem com aumentos de preços e de produção e, novamente, o preço acabria chegando ao equilíbrio em Pe.


Mudanças no Equilíbrio de mercado

Depois de perceber os factores que infuenciam as curvas da oferta e da demanda, e perceber como essas curva se comportam consoante alterações em variáveis como renda, matéria-prima e custos. Importa, nesta fase, perceber como o equilíbrio de mercado se altera em função de alterações no comportamento das curvas da oferta e da demanda. 
Consideremos, de início, que o gráfico da oferta é deslocada para a direita, conforme representado pela figura abaixo:


Nessa figura, o gráfico da oferta deslocou-se de S para S’. Automaticamente o preço de mercado cai de Pe para P’e e a quantidade total produzida aumenta de Qe para Q’e. Esse processo na verdade é bem lógico e intuitivo  pois custos menores levam a menores preços e a mais vendas. Assim, teremos um novo equilíbrio representado por e’. 
Agora, vamos analisar o que ocorre quando o gráfico da Demanda se desloca. 

O Gráfico da demanda desloca-se de D para D’ e assim estabelece-se um novo equilíbrio, com novas quantidades e novo preço de equilíbrio. Com esse cenário as empresas vendem/produzem a uma quantidade relativamente maior e os consumidores adquirem as mercadorias a um preço relativamente mais caro. 


Veja Uma das nossas aulas

Teoria do Comportamento do Consumidor

O que faz com que determinado consumidor com uma renda limitada decida que bens ou serviços adquirir? – Essa é uma questão relevante para a microeconomia e para tratá-la, existe a teoria do comp…

Elasticidade da Oferta e da Demanda

Tanto a oferta, assim como a Demanda por qualquer bem são influenciados pela variação de diversos factores, como o preço, os salários, os custos de produção, entre outros. Entretanto, torna-se necessá…

Equilíbrio de Mercado: Preço e Quantidade de Equilíbrio

Conforme dito na matéria sobre os Fundamentos da Oferta e Demanda, a teoria da oferta e demanda é a base para se perceber qualquer assunto sobre o qual a microeconomia aborde. É importante perceber de…

Factores que influenciam a curva da Demanda

Já foi explicado na matéria sobre Os fundamentos da oferta e demanda que a Curva da Demanda mostra a relação que existe entre o preço de algum bem e o quanto esse mesmo será procurado pelos …

Factores que influenciam a curva da Oferta

Conforme dito no artigo sobre os Fundamentos da Oferta e da Demanda, a curva da oferta informa-nos a relação que existe entre as quantidades ofertadas de um bem no mercado e o seu respectivo preç…

Os Fundamentos da Oferta e da Demanda

Com toda a certeza, o modelo da oferta e demanda é o instrumento-chave da microeconomia ( pode ver dicionário da economia). Com esse modelo básico podemos perceber por que e como os preços mudam e o q…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.